Alinhar a oferta de cursos de norte a sul do Brasil, oferecer aos alunos o mesmo padrão de ensino e aplicar princípios pedagógicos e organização curricular em âmbito nacional, considerando as realidades locais: esses são alguns dos objetivos do Modelo Pedagógico Senac.

Assista ao quarto vídeo e entenda importância do engajamento docente para a consolidação do Modelo Pedagógico Senac.  

Nova visão pedagógica

O Modelo Pedagógico Senac consolida o trabalho por competência, pois ela passa a ser um ponto estruturante do currículo e a constituir uma unidade curricular do curso.

Os novos planos de curso foram criados e desenvolvidos a partir do conhecimento de docentes e técnicos da Instituição, e enriquecidos pelas informações geradas nos Fóruns Técnicos Setoriais, que contaram com a participação de profissionais do mercado, sindicatos, universidades, instituições de pesquisa, ciência e tecnologia.


O Modelo e sua estrutura


São compostos por princípios filosóficos e princípios pedagógicos. Os filosóficos definem como a Instituição vê o ser humano, o mundo, o trabalho e a educação.

Já os princípios pedagógicos definem como o Senac vê o aluno, o docente, a escola, o currículo, a metodologia e a avaliação.


São as características que diferenciam o profissional formado no Senac: domínio técnico-científico, visão crítica e atitudes empreendedora, sustentável e colaborativa.


Para o Senac, competência é definida como a ação ou o fazer profissional observável, potencialmente criativo, que articula conhecimento, habilidades e valores, e permite o desenvolvimento contínuo.


Nos Cursos Técnicos, nas Qualificações Profissionais e nas Aprendizagens, as competências a serem desenvolvidas são determinadas pelo perfil profissional de conclusão e são alcançadas por meio de unidades curriculares, nas quais as competências são pontos estruturantes do currículo.

Para nortear o trabalho docente, cada uma das unidades curriculares é detalhada de forma a explicitar os conhecimentos, habilidades, valores e atitudes mobilizados para o desenvolvimento da competência. Além disso, são definidos os indicadores que orientam os processos de avaliação.


A avaliação no Senac permeia e orienta todo o processo educativo e visa avaliar o desenvolvimento das competências do aluno. A expressão dos resultados de avaliação difere de acordo com o tipo de curso, podendo ser orientada pelos indicadores que evidenciam as competências desenvolvidas ou por objetivos do curso e frequência.


Conheça em detalhes essa nova visão pedagógica do Senac:

Nova visão pedagógica – Conhecendo o Modelo
As competências e os métodos de avaliação propostos.
Compartilhar saberes na Comunidade de Prática Senac.
Consolidando o Modelo Pedagógico Senac